SGF SEBRAE
Conectados

Mais de 70% dos domicílios rurais têm acesso à internet no país

Número é 20% superior ao período pré-pandemia, diz estudo do Comitê Gestor da Internet

21/06/2022 21h09
Por: Carlla Morena
Fonte: Beatriz Albuquerque
9
Foto: Cléverson Oliveira
Foto: Cléverson Oliveira

As pessoas nas áreas rurais estão com mais acesso à Internet. A proporção de usuários nessas áreas cresceu no Brasil em comparação ao período que antecede a pandemia, passando de 53% em 2019 para 73% no ano passado. Esses dados são da pesquisa TIC Domicílios, lançada pelo Comitê Gestor da Internet.

O levantamento revela ainda que, em 2021, 81% da população com 10 anos ou mais usou a Internet nos últimos três meses – o que corresponde a 148 milhões de indivíduos. Esse número cresceu especialmente nas regiões Norte, Sul e Nordeste em relação a 2019.

Essa é a 17ª edição da pesquisa que trouxe resultados que reforçam a importância do acesso à Internet durante a pandemia.

Fabio Storino, coordenador da TIC Domicílios, destacou que a presença de conexão de Internet nos domicílios aumentou em todos os extratos analisados.

Um outro dado importante é que, em 2021, os aparelhos de televisão superaram os computadores no que diz respeito ao acesso à Internet. Ao todo, 74 milhões de indivíduos acessaram a Internet usando a televisão, um acréscimo de 25 milhões de usuários no período.  Agora, as TVs só perdem para os celulares em quantidade de usuários.

O estudou revelou ainda que 64% das pessoas usam apenas o celular para ter acesso à Internet. O indicador é maior entre os que vivem em áreas rurais e aqueles que pertencem às classes D e E. Fábio Storino explica que esse dado tem um impacto importante no desenvolvimento de habilidades digitais.

O uso do comércio eletrônico e de serviços públicos digitais aumentou também se comparado a 2019. Entre as atividades realizadas pela Internet, ouvir podcasts foi a que mais cresceu em relação ao período pré-pandemia. O acesso a vídeos, programas, filmes ou séries pela Internet, além de músicas também registrou crescimento no período. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias